5 plantas para se ter em escritório

Criado em fevereiro 5, 2020 . Categoria: Escritório

escritório com plantas

Você sabia que manter plantas em escritórios pode aumentar a concentração e a produtividade dos funcionários? É o que mostra uma pesquisa publicada em 2014 no “Journal of Experimental Psychology: Applied”.

Para chegar a essa conclusão, os pesquisadores realizaram experiências de campo em grandes escritórios comerciais na Holanda e no Reino Unido, comparando escritórios puramente funcionais, sem qualquer tipo de decoração, com ambientes laborais enriquecidos com plantas. Ao examinar as medidas objetivas de produtividade e as percepções subjetivas acerca da qualidade do ar, da concentração e da satisfação no local de trabalho, esses pesquisadores descobriram que escritórios verdes eram até 15% mais produtivos.

Mas se por um lado é um benéfico manter plantas em espaços corporativos, por outro, é um desafio mantê-las saudáveis e bonitas. O problema é que as empresas, normalmente, mantêm ar-condicionado constantemente ligado e, muitas vezes, os escritórios contam com pouca luz natural.

Assim, para manter espaços verdes dentro de quatro paredes, a solução é optar por plantas que resistam às condições adversas e que sejam fáceis de cuidar. Pensando nisso, neste post, mostramos cinco opções de plantas para quem quer caprichar na decoração e fazer do escritório um local mais agradável – e produtivo!

 

#1  Jiboia

Planta Jiboia

Originária das Ilhas Salamão, a jiboia se adaptou muito bem ao clima úmido e quente do Brasil. A subespécie mais comum por aqui é a Epipremnum pinnatum, de folhas verdes mescladas com manchas brancas. Se bem cuidada e mantida em local apropriado, a jiboia pode crescer até doze metros, marcando uma distinta presença na decoração dos ambientes ao se esparramar espaçosa, espalhando as suas folhas e ramos.

Além do apelo estético, esta é uma boa planta para escritório porque é muito fácil de cuidar. Ela não precisa ser regada todos os dias – aliás, trata-se de uma planta que não suporta solos encharcados, apesar de gostar da umidade. No verão, regar três vezes por semana é suficiente. Já no inverno, o espaço entre as regas deve ser maior, uma vez que a planta entra em uma espécie de “hibernação” e consume menos água e nutrientes.

Em relação ao contato com a luz, evite colocar a jiboia em locais muito iluminados – ela prefere viver à meia sombra, com uma quantidade básica de iluminação natural. O melhor local para ela é próximo a janelas e portas.


#2 Cactos

Cactos
O cacto não poderia faltar na nossa lista. Conhecidas por sobreviver nas condições mais extremas de falta de água, graças à sua capacidade de acumular água nos talos, folhas e raízes, estas plantas têm um aspecto distinto, sendo geralmente cobertas por farpas e espinhos.

A terra ideal para os cactos consiste em uma mistura de folhas trituradas, areia grossa e argila. Com o passar do tempo, você pode acrescentar farinha de osso ou fosfato, sempre aos poucos. Se for colocada no solo preparado de maneira correta, esta sua planta vai durar pelo menos 5 anos de vida – isso sem precisar adicionar fertilizantes.

Esta planta é ideal para escritórios porque não precisam de regas frequentes; antes pelo contrário, se receberem água demais, elas podem apodrecer e morrer. No verão, é suficiente regar uma vez por semana; em dias frios, uma vez a cada 20 dias.

#3 Babosas


Babosa

Com as suas folhas alongadas e espinhentas, a babosa traz um toque de rusticidade aos ambientes. Trata-se de outra planta fácil de cuidar. A adubação deve ser feita uma vez por ano, durante a primavera – e só, pois o excesso de adubo também pode comprometer a saúde da babosa. Em relação à rega, nada de água em demasia, pois esta planta não gosta de umidade e pode morrer com o apodrecimento das folhas. A dica é observar o solo antes de regar – se sentir a terra seca, é hora de despejar água.

Sobre o local ideal, é importante saber que a babosa gosta de sol e luz. Arranje um cantinho mais iluminado do escritório e deixe-a sob a luz direta do sol por pelo menos oito horas dias.  Se esta planta não pegar nada de luz, você notará as folhas enroladas e finas.

 

#4 Clorofito

Clorofito

Esta planta de nome exótico é famosa por purificar o ar dos ambientes. Além de fazer a fotossíntese, removendo o dióxido de carbono da atmosfera e liberando o oxigênio, o clorofito é também capaz de remover outras substâncias. Essa ação purificadora foi confirmada por um estudo conduzido pela Nasa há vários anos, segundo o qual esta planta remove dos ambientes domésticos substâncias nocivas como o monóxido de carbono e o xileno.

Com suas folhas brilhosas em formato de mini rosas, o clorofito convive bem o ar-condicionado, só precisando ser mantido próximo às janelas ou portas, para pegar um solzinho. Regue-as abundantemente no verão e moderadamente no inverno, deixando a terra secar entre as regas. Se secar demais, as pontas das folhas ficarão acastanhadas.

#5 Bambu

Bambu

Para cuidar desta planta, duas dicas são o bastante: 1 – regue-a com frequência, pois ela gosta de solo úmido; 2 – mantenha-a em um local ao abrigo da luminosidade excessiva. Pronto, só isso. As características pouco exigentes fazem do bambu uma planta ideal para escritórios, dando à decoração um ar exótico e diversificado.

De modo geral, as plantas deixam o ambiente mais úmido, pois perdem água durante o processo de transpiração. Ao manter plantas no escritório, o ideal é optar por uma tinta de qualidade premium, mais resistente à imunidade.

A Goldencor pode ajudar na hora dessa escolha. Contamos com uma diversa linha de tintas premium, com mais de 2 mil cores e excelentes acabamentos e durabilidade. Aproveite a sua visita, entre em contato conosco e faça seu orçamento, clicando aqui.

GoldenCor Tintas

Tags: , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *